Formosa e culta, Aldegundes de Bragança era a quinta filha do rei D. Miguel, banido de Portugal no seguimento das Guerras Liberais que o opuseram ao seu irmão D. Pedro. Casada aos 18 anos com o príncipe italiano Enrico de Bourbon-Parma, cedo descobriu o homem azedo que o seu semblante belo e distinto escondia.

Os trinta anos de matrimónio foram tecidos de momentos ora de paixão, ora de discórdia, tendo como palco o seu palácio veneziano, o castelo dos Braganças na Áustria ou os iates que os levavam frequentemente a terras distantes. A maior batalha da sua vida, porém, foi a que travou em busca do sonho de ser mãe.

Visitou Portugal clandestina, impedidos como estavam os herdeiros de D. Miguel de entrar na sua pátria. Pátria essa à frente de cujos destinos sonhou um dia poder ver o seu amado sobrinho D. Duarte Nuno de Bragança, pai do atual pretendente à Coroa portuguesa.

Esta é a história da Princesa de Parma, uma mulher decidida e iluminada, que reclamou para si o título de duquesa de Guimarães e que fez do seu drama pessoal a força para vencer, encontrando na luta pela restauração da monarquia em Portugal a sua derradeira paixão.

Maria João Fialho Gouveia nasceu em Lisboa, mas aos dois dias de idade já vivia no Estoril, onde cresceu e estudou.

Cursou Comunicação Social na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, e mais tarde Línguas, sendo diplomada pela Universidade de Cambridge. Rendida ao apelo da História, porém, regressou anos mais tarde aos bancos da Universidade Aberta, para estudar a disciplina que sempre a encantara.

Conta com cinco livros publicados. O primeiro, Fialho Gouveia, Biografia Sentimental, é uma homenagem a seu pai; os que se lhe seguiram — D. Francisca de Bragança, As Lágrimas da Princesa e Inês — são romances históricos, essa área da literatura com que tanto se identifica e que promete continuar a abraçar. Sob os Céus do Estoril, o quinto, é a sua primeira experiência com personagens e eventos ficcionados, num ambiente histórico real.





Outros livros da mesma autora

D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia

Maria João Fialho Gouveia

D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia é um romance apaixonante inspirado numa cuidada investigação histórica, que nos dá a conhecer a vida de uma invulgar princesa portuguesa, que viveu uma longa e ousada história de amor o homem da sua vida, o o filho do rei de França.

Inês

Maria João Fialho Gouveia

O amor de Pedro e Inês foi maior do que a vida, sendo outrora, como hoje, o símbolo da paixão em Portugal.

Sob os Céus do Estoril: Um Romance entre Espiões na Segunda Guerra Mundial

Maria João Fialho Gouveia

Maria João Fialho Gouveia, autora de referência no romance histórico português, apresenta um empolgante romance passado no Estoril da Segunda Guerra Mundial.