• Autor Benjamin Ludwig
  • Ilustrador
  • Coleção Benjamin Ludwig
  • ISBN 9789898869869
  • PVP 17,69 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de setembro de 2019
  • 1ª Edição abril de 2018
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 320
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150 x 230 x 21,5 mm
  • Idade

Enternecedor e repleto de momentos inesperados, este romance apresenta-nos Ginny Moon, que na sua jornada até um novo lar descobre o verdadeiro significado da palavra família.

Eu tenho medo pela minha Bonequinha. Ela é pequenina e não consegue alimentar-se sozinha. A mãe Gloria passa-se da cabeça. Porque é que ninguém acredita quando digo que a Bonequinha está sozinha e que tenho de a ajudar? Nem mesmo os meus novos Pais Para Sempre, que vivem na Casa Azul, acreditam em mim...

Ginny tem autismo. Nem sempre entende o que ouve. Nem sempre tem a capacidade para distinguir o que é real. Mas sabe que foi retirada à mãe, e que esta era violenta e consumia drogas; e sabe, também, que precisa de voltar para junto da sua Bonequinha. Esta obsessão e o seu comportamento errático e agressivo levaram a que duas adoções fossem anuladas.

Poderá Ginny ter razão? Às vezes, o seu novo pai adotivo fica com a sensação de que a Bonequinha poderá ser algo mais. Mas, como já explicou a Ginny inúmeras vezes, não existe qualquer registo de outra criança na sua antiga casa. Porque não conseguirá Ginny ultrapassar esta questão?

«Benjamin Ludwig tem uma forma singular de filtrar as tensões domésticas através do olhar hiperalerta, ainda que enviesado, de uma criança com necessidades especiais.» - The New York Times Book Review

Benjamin Ludwig é um escritor americano, que vive com a sua família no New Hampshire.

Antes de escrever A Verdade segundo Ginny Moon, o seu primeiro romance, que foi distinguido pela Barnes & Noble e pela Amazon como um dos melhores livros do ano de 2017, já tinha sido premiado com o Prémio Clay Reynolds pela sua novela Sourdough.

Antes de se dedicar à escrita a tempo inteiro, dava aulas de Inglês.